Semanas que perdi a conta

julho 21, 2016

Conta-se pelos dedos das m√£os os pontos altos e menos altos destas √ļltimas semanas desde o √ļltimo post em que conto um pouco sobre a minha vida med√≠ocre

Um bom filme, uma boa companhia (e nada melhor do que a melhor) um baldez√£o de pipocas doces √© sin√≥nimo de felicidade para mim. Vi "The Legend Of Tarzan" recentemente e, por favor, v√£o assistir. Al√©m de poderem apreciar o tanquinho e as entradinhas do quadril a actua√ß√£o do Alexander Skarsg√•rd, o filme √© muito bom e conta a hist√≥ria, assim muito resumidamente, da volta do John Clayton (Tarzan) ao Congo depois do monarca belga querer explorar todo o territ√≥rio para conseguir os diamantes preciosos. Em contrapartida vi o filme da Disney "The BFG" ou, em portugu√™s, "O Amigo Gigante" e... n√£o gostei nada, mesmo. Ri muito s√≥ porque foi rid√≠culo demais em v√°rias partes. Tudo bem, eu n√£o tenho mais 6 anos para apreciar um filme assim infantil. Contudo, achei que poderia ter sido muito melhor. Enfim, opini√Ķes. Da Disney √© melhor ir verem o "Tarzan".

Como era de esperar, eu n√£o cumpri muito bem a promessa de ficar longe da Feira do Livro que foi organizada em Braga nestas √ļltimas semanas. Como o meu primo tem uma livraria - Snob - e tinha um stand na Feira, passei por l√° e voltei com 4 livros novos. Mais livros, sim. Mais livros para a lista de livros que at√© agora fazem parte do meu tsundoku. "As raparigas cintilantes", "O Lobo Vermelho", "O jogador" e "O Elogio da Mentira". N√£o chegando, passei pela Bertrand e comprei o "O Domador de Le√Ķes" da Camilla L√§ckberg, que tenho lido devagar mas estou a deliciar-me com cada p√°gina. Juro-vos que tinha tempo que n√£o lia um livro assim com uma escrita t√£o... boa! Quero acabar mas ao mesmo tempo n√£o quero nunca... √Č um thriller policial e como eu gosto muito do g√©nero, estou a apreciar. 

Os saldos ainda continuam por cá e, é claro, acumulei mais umas compras. Voltei também às consultas na clínica Beauty'In Opencel e tenho feito "manta de sudação" que é tipo um tratamento semelhante a uma sauna. Tenho suado litros, só isso.

Outro ponto alto é mesmo o Pokémon Go. Eu não consegui ficar de fora - nem quis - porque Pokémon faz parte da minha vida de muitas formas. Estou a adorar o jogo mas ainda não entendi todo o fanatismo e as coisas loucas que as pessoas têm feito. Digamos que eu jogo um bocadinho por dia e até já gastei dinheiro com o jogo para comprar umas coisas maaaaaaas... não fico a tostar ao sol à procura de Pokémons e não estou obcecada com isso. Calma, pessoas! Na realidade, tenho visto bastantes pontos positivos... Até tenho tido mais momentos de conversa com o meu irmão.

N√£o sei mais o que contar de "interessante" porque como disse no primeiro par√°grafo... a minha vida √© simples. E pronto. De mal, ando com o bra√ßo ainda dolorido depois de uma queda feia em que achava que tinha partido o bra√ßo. Mas aos poucos fico bem. 

√† bient√īt.

Sem coment√°rios:

Enviar um coment√°rio

Deixa-me a tua opini√£o. √Č muito importante para mim.