Harry Potter and The Cursed Child (Sem spoiler)

agosto 25, 2016


Acabei de ler este livro e estou a sentir aquele vazio da falta de novas histórias de Harry Potter. Harry Potter faz parte da minha pré e adolescência e até do meu "eu adulto" e tenho a certeza que sempre fará parte de mim. Embora não tenha conseguido estar presente no lançamento oficial do livro no Porto, assim que o apanhei na "minha" livraria, tive que agarrá-lo. Devorei-o.

O livro, considerado a "oitava história" da saga, é na verdade o script da peça de teatro que está em exibição em Londres. Foi escrita pelo John Tiffany e Jack Thorne e teve uma leve pitada da J.K. Rowling que adaptou algumas coisas aos seus livros e deixou levar avante, divulgando "The Cursed Child". É claro que isto deixou muita coisa a desejar no script mas, mesmo assim, não tirou o meu entusiasmo, os frios na barriga e os apertos no peito ao virar de cada página. Foi como voltar à primeira leitura de "Harry Potter e A Pedra Filosofal" e me deixar levar por todo este mundo mágico.

A história está concentrada no segundo filho do Harry com a Ginny - o Albus Severus - e no filho do Draco Malfoy com a Astoria Greengrass - o Scorpius Malfoy. E eu não quero dizer muita coisa porque não quero dar spoilers mas podemos contar com vira-tempos e universos alternativos de uma história que já conhecemos. E claro, o mal sempre à espreita que não consegue ser vencido pelo melhor que temos: a amizade, o amor, os afectos.

Gostava de ter lido esta história escrita pela própria J.K. e em formato "novel" que seria 3 mil vezes melhor... mas não lhe vou tirar o mérito e nem falar das coisas "erradas" que li neste script; até porque nada foi melhor do que regressar no tempo e vibrar com mais uma história do universo Harry Potter.

Quero mais. Só isso. 

"There are somethings that death can't touch: paint, memory and love."

2 comentários:

  1. Confesso que não fiquei em êxtase com este livro talvez porque não é 100% da autoria da J.K. mas a ver vemos, quando tiver oportunidade irei ler!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim! O meu êxtase teve no facto de ser sobre o universo Harry Potter e ter a aprovação da JKR! MAAAAS... há gente que chegou a considerar este livro uma fanfic, hahaha, exactamente porque tem lá coisas um bocado inaceitáveis quanto ao plot dos personagens. Mas ah... mata um pouco o vício. c.c

      Eliminar

Deixa-me a tua opinião. É muito importante para mim.