Camilla Läckberg, O domador de leões

dezembro 01, 2016

Comprei este livro em Julho, comecei a ler no mesmo mês e terminei-o há umas semanas. Como assim demorar tanto tempo para terminar um livro? Porque no meio da falta de tempo, existia também todo o meu controlo em não querer terminar logo esta história. É que a escrita desta Camilla é absolutamente fantástica e ler o livro foi equivalente a assistir uma série de televisão dada as descrições que, em nada monótonas e chatas, traziam vida às palavras no papel. 

"O domador de leões" é outra das histórias onde as personagens principais são o Patrick e a Erica - detective e a sua esposa, escritora de livros de crimes. Digamos que antes de "O domador de leões" existem outras 8 histórias desta dupla que a Läckberg nos escreveu mas, preciso dizer, não li nenhuma anterior e não senti necessidade disso - embora gostasse de saber alguns detalhes de outras personagens, das suas vidas, como chegaram até ali. As histórias desta "saga" têm como pano de fundo crimes, thrillers, policiais e "O domador de leões" começa com o desaparecimento de adolescentes em Fjallbacka. Uma delas, Vitoria, volta a aparecer apresentando ferimentos de um crime grotesco: sem olhos, sem língua e com os ouvidos furados.

Como? Por que isto aconteceu? Será que as outras adolescentes desaparecidas tiveram o mesmo destino? E quem será que lhe fez isto?

Posso dizer que o mistério foi resolvido e fiquei bastante surpresa mesmo. Nunca imaginaria que assim fosse. E então, sim, adorei este livro: envolvente e bem imprevisível. Recomendo-o.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixa-me a tua opinião. É muito importante para mim.